quarta-feira, 30 de março de 2011

Açúcar, tempero e tudo o que há de mal


Eu recentemente recebi um comentário de uma leitora do Lolita Charm se perguntando sobre lifestyle lolitas e suas atitudes e filosofias, especialmente se tratando da natureza odiosa e o drama das lolitas em geral.

Eu sou uma das lifestyle lolitas mais vocais e sempre que levantam o tópico ou questão sobre lolita lifestyle eu sinto a necessidade de comentar (minha boca grande :P). Então vamos primeiro determinar todas as questões que eu estou certa de que estão em seu cérebro - apenas o que, exatamente, é uma lifestyle lolita, e o que faz ela diferente das outras lolitas?

Eu serei honesta com você: não há uma enorme diferença entre uma lifestyle lolita e uma lolita "normal", absolutamente. Na verdade, é uma diferença bem pequena. Se eu tivesse a habilidade de fazer gráficos, eu simplesmente faria um gráfico de torta (muito sweet lolita!). A lolita média coloca talvez 40% de sua vida em lolita. Ela usa as roupas, talvez vá a encontros, e em geral associa-se em sua vida com uma bolha de franzidos. Mas a lifestyle lolita procura extender essa bolha - não apenas para suas roupas, mas através de sua música, suas atividades como confeccionar rendas, bordado, culinária, arte e decoração. Na maioria das vezes a idéia é que a lifestyle lolita extendeu-se a hobbies que não são lolita, mas relacionados a lolita. O outro aspecto muito popular entre lifestyle lolitas é decoração, como seus quartos ou apartamentos.

Então se você fosse olhar para duas lolitas, uma lifestyle e uma não, você não veria nenhuma diferença. Elas se vestem da mesma maneira. Elas agem da mesma maneira. Elas falam da mesma maneira. A única diferença pode estar dentro de suas bolsas - a da lifestyle lolita teria um romance Vitoriano, um celular sweet ou decorado, talvez um bolinho de linha para fazer renda.

E tenha em mente que elas não são exclusivas. Você não precisa se confinar em nenhuma das imagens. Se você se declarar uma lifestyle lolita, não há nenhuma regra que diga que você precisa se vestir de lolita 24h por dia/7 dias por semana, ou ler apenas romances lolitáveis, ou apenas sentar-se em casa e bordar. Você pode fazer breakdance, jogar videogame, ou sentar-se por aí em moletons cor-de-rosa! (Uma brincadeira minha: lifestyle lolita significa ter moletons cor-de-rosa. Eu admito. Estou usando eles agora com uma camiseta de Alice in Wonderland e fones de strass em forma de coração!) Da mesma forma, se você declara firmemente que você não é uma lifestyle lolita, não há nada que diga que você não pode ceder a cupcakes, não pode fazer seus próprios vestidos ou ouvir música clássica. O ponto é: o lifestyle de lolita é seu para moldar, porque você é lolita.

Agora, você pegou aquela pequena frase nos parágrafos acima? Elas agem da mesma forma. Lolitas, lifestyle ou não, tem a mesma pesonalidade - aquela de qualquer garota. Sua personalidade não é definida por suas roupas, seus hobbies, ou pela música que você ouve. Ela é definida por seus sentimentos e características. Então ao contrário da popular concepção errônea, lifestyle lolita não significa que você tem a personalidade encarnada de uma Princesa Disney. E sim, isso significa que o mundo do drama também é povaado por sua parcela de lifestyle lolitas. Eu pessoalmente tento ficar fora do drama se possível, porque é a) um enorme sugador de tempo e energia (com os quais você poderia estar fazendo tantas outras coisas!) e b) a maioria dele é degenerado, de qualquer forma. Geralmente o drama só tem um lado da história, deixando muito espaço para interpretação, e muito possivelmente cheios de falhas de falta de comunicação. Tendo sido alvo de drama uma ou duas vezes, não é bonito - e a maioria não é verdade. É para a vantagem daqueles apontando os dedos para o acusado para ser tão difamado quanto possível, então as coisas são freqüentemente tiradas de contexto, citadas erroneamente, etc. Mas isso não é realmente sobre o drama, é? É sobre as próprias lolitas. É intrínseco a nós competir por recursos, e o mundo lolita não é diferente. Nós quase romantizamos a história, como a Corte de Versalhes com suas intrigas reais. Isso tem seu próprio lugar, verdade - mas não está nas roupas ou na renda. Está por baixo das roupas, em algum lugar entre a pele e as costelas - no coração, na carne.

Afinal, do que garotinhas são feitas?


Créditos:
Original:
Sugar & Spice & Everything Vice
Tradução: Ichigo


Comentários sobre o artigo
Então, o que o artigo busca mostrar é que para ser uma lifestyle lolita você não precisa ser doce ou meiga ou ter uma personalidade adorável. Bem dito, uma lifestyle lolita é uma lolita como qualquer outra em roupas ou comportamento (que NÃO É regra para ser lolita). Lolita não possui um modelo de comportamento a ser seguido. Sempre digo e repito isso, e vou continuar repetindo porque parece não entrar na cabeça de algumas pessoas. É claro que se pra você o único modelo de comportamento aceitável é um delicado ao extremo, OK. Mas não faz sentido impor isso aos outros simplesmente por usar um estilo de roupa mais fofo. E me poupem de comentários do tipo "lolitas should be lovelies" porque... não.
Ah, btw, eu falei sobre isso de suposto "comportamento" no último vídeo do meu vlog (que por sinal precisa ser atualizado! xD): Lolita Rant: coisas que me irritam em lolita. Dêem uma olhada e me falem o que acham :)

13 comentários:

  1. Gosto muito dos artigos que você traduz, bem como dos seus comentários pessoais, claro. Acho que no geral Lolita é moda, e não meio de vida, mas cada um vive do jeito que lhe for mais conveniente, claro. Mas eu também dispenso a parte do drama. Curiosidade: Estava lendo o primeiro volume de Snoopy encadernado, com as primeiras tirinhas lá dos anos 70, e numa das primeiras a amiga Lucy do Charlie Brown vai e solta essa "meninas são feitas de tempero, açúcar, e tudo o que há de bom!" Já sabemos agora de onde veio a inspiração para as Meninas Super Poderosas XD~

    ResponderExcluir
  2. amén.

    sobre """"lifestyle"""", flash news: pessoas que curtem lolita gostam de coisas em comum e relacionadas ao estilo. lifestyle na minha cabeça: quem se dedica mais a isso do que as outras, e isso é apenas questão de tempo e interesse envolvido no estilo.

    e MAIS flash news: comportamento não determina uma lolita, anáguas e silhuetas corretas sim. se vc age que nem uma cobra fofoqueira barraqueira, isso só te faz ser uma cobra fofoqueira barraqueira lolita. 8D independente de seguir o """"lifestyle"""" lolita ou não.

    ou seja, tipos de comportamento não definem lolita e não define NEM MESMO lifestyle lolita.
    não sei porque tem gente que ainda não aceita isso. sejam realistas, ninguém vive em um conto de fadas mesmo que se vistam como princesas (frases de efeito pra ir na onda do artigo 8DDDD).

    ResponderExcluir
  3. Depois de um tempinho longe dos blogs q eu sigo, inclusive do meu próprio, to aqui de novo XD

    Eu sempre me perguntei sobre isso... O estilo de roupa realmente é lindo, mas o que sempre me deixou receosa é o fato de eu não me encaixar no tal comportamento que tantas meninas falam... Eu não sou meiga nem nada que se pareça com isso... O artigo que vc traduziu foi bem esclarecedor, junto com o seu comentário, como sempre X3

    =**

    ResponderExcluir
  4. Muito interessante este artigo,tbm amoo os artigos que vc traduz parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
  5. Olá, mandei uma mensagem no seu orkut... É que em breve irei a um evento aqui em minha cidade e queria fazer um cosaplay, porem quando eu vi a moda lolita me encantei e resolvi ir como lolita, mas eu estou um pouco receosa de sair do estilo. Então pesquisei sobre o estilo e encontrei seu blog. Gostaria que visse minha roupa e me desse umas dicas será que poderia ser?

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post sobre livestyle. Isso gerava muita duvidas a mim e minha amiga. Pensando bem... acho que agora posso segui-lo

    ResponderExcluir
  7. Ichigo, querida! Sim, sumi, mas deixa isso de lado! Adorei esse texto e, sobretudo, a sua nota sobre o mesmo. Mas devo sublinhar que adorei o novo layout e o post "ser lolita"! Só vi agora, eu sei, março foi um mês para eu esquecer! Beijinhos menina ;-)
    Ps: Adorei sua sugestão, lá no meu blog, de ideia de presente para namorado..o meu iria amar! ;)

    ResponderExcluir
  8. Ah... o "lifestyle" lolita é algo que eu me abstenho de comentar. Acho que dá muita discussão.

    Acho que quem é doce, meiga e gosta de coisas antigas é assim independente de estar com anáguas e bloomers. Assim como pessoas grosseiras e mal-educadas continuarão a serem assim independente de estar com a roupa lolita mais bonita do mundo.


    Acho que o interesse genuíno vem antes e não depois da moda... então se o interesse serve só para "combinar" com a roupa, ele não é válido, mas uma farsa.

    ResponderExcluir
  9. Ah..adorei a tradução!
    E adorei principalmente a parte em que você disse: "lifestyle lolita não significa que você tem a personalidade encarnada de uma Princesa Disney."
    Tem gente que acha que só por que você segue o lifestyle você tem que mudar as vezes, seu comportamento ou seus hábitos ou vícios.
    Essa conversa dá horas e horas de assunto!
    bju

    ResponderExcluir
  10. Achei a intenção do artigo legal,afinal quem se denomida lifestyler (eu mesma me denomido assim), não está impedida de ser not roriita, assim como uma pessoa que acha tudo isso uma baboseira pode muito bem gostar de algo mais lolita related.

    Mas achei meio estranho ela dizer que "toda lolita tem a mesma personalidade", na minha opinião todas se vestem iguais, mas há várias personalidades, e eu gosto de ver isso em lolita *-*


    Ps.:Fazer renda, isso me parece tão mágico *____*

    ResponderExcluir
  11. Acabei de descobrir que eu tenho uma parcela de lifestile lolita, mesmo sem ter vestidinhos fofos: eu uso moleton rosa e tenho mouse rosa com pedrinhas de strass! =^o^=
    Hehehe... ainda to mais pra femmefatale, mas é divertido experimentar coisas diferentes também!
    Khysses

    ResponderExcluir
  12. Muito bom, adoro todos os seus textos. Kissus~♥

    ResponderExcluir
  13. O vídeo ficou ótimo Ichigo, sério mesmo concordo com você.
    E eu já vi em muitos sites escrito que lolita é fofa e meiga, como você citou tambem não acho que isso seja obrigatório.
    E me dá raiva de pessoas que ficam mudando de personalidade quando tomam a decisão de se tornar lolita, isso não tem nada a ver realmente nada a ver.
    Muito bom os textos, os videos e tudo!!
    Parabens!!

    ResponderExcluir