sexta-feira, 25 de junho de 2010

Auto confiança


Eu acho que é necessário muita auto confiança para ser uma princesa, ainda mais de você se veste de lolita ou algum outro estilo menos popular. Infelizmente eu sei que muitas garotas tem problemas com isso, e eu mesma tive por um longo tempo. Só quando eu terminei a escola e comecei a descobrir quem eu era, e pensar sobre quem eu queria ser que aprendi a ter fé em mim mesma, e indo atrás do que eu queria aprendi algumas lições sobre confiança, e descobri que quanto mais eu acreditava em mim mesma mais eu poderia realizar!

Auto confiança não é algo que você pode adquirir da noite para o dia, é necessário mais do que um novo corte de cabelo para mudar a maneira que nós sentimos sobre nós mesmas. Eu acho que a idéia de que algumas pessoas são tímidas e outras são falantes e extrovertidas é um mito. Eu acredito que nós escolhemos quão introvertidos ou extrovertidos nós querermos ser, embora um possa vir mais naturalmente e outro possa exigir mais esgorço. Ser confiante não significa que você é espalhafatoso, eu tenho conhecido pessoas que falam muito pouco, mas quando o fazem todos ouvem, e acho que eles são provavelmente mais seguros que alguns que acham que precisam falar o tempo todo. Há um equilíbrio definido quando se trata de confiança, é importante ter um alto sendo de auto valorização, mas também manter a humildade.

Aprenda a aceitar elogios. Você provavelmente não percebe quantas pessoas por aí acham que você é uma ótima pessoa e querem que você seja mais confiante. Elogios verdadeiros são como presentes, eles devem ser apreciados e não recusados. Sempre me chateia quando eu saio do meu caminho para elogiar alguém, seja sobre seu estilo, talento ou natureza gentil apenas para ser contestada com "Oh, eu não são realmente boa. Eu sou estúpida/feia/chata..." Isso é falsa modéstia, recusar um elogio diz a outra pessoa que você não aprecia suas palavras gentis. Se você nega um elogio quando você obviamente acredita que é verdade também pode parecer presunçoso. Não há nada de errado em aceitar elogios graciosamente, um simples "Muito obrigada por notar!" fará com que ambos se sintam bem e mostra que você realmente aprecia o interesse. Não machuca retribuir elogios também, assim como dar presentes, serve para os dois lados. Aprenda a aceitar críticas graciosamente também, isso é muito mais difícil, mas tente não deixar que isso te afete pessoalmente. Agradeça a pessoa pela ajuda (mesmo se for dito de um jeito que não ajude) e responda logicamente, não emocionalmente.

Assuma seus erros e aprenda com eles. Pessoas com baixa auto confianaça geralmente reagem aos erros que cometem de duas maneiras: elas o encobrem o mais rápido possível, esperando que ninguém note ou usam isso como desculpa para criticar a elas mesmas e se rebaixarem para reafirmar sua crença de que elas não conseguem realizar nada. Aceitar seus erros pode ser difícil, mas é a única maneira de transformá-los em uma experiência positiva. Tudo que dá errado em nossa vida pode nos ensinar uma lição e encontrar um meio de evitar cometer o mesmo erro de novo. Quando você perceber onde você errou você encontrará a confiança para tentar de novo!

Se arrisque! Princesas confiantes vão atrás de seus sonhos, mesmo quando isso significa deixar a segurança de suas zonas de conforto. Por toda nossa vida oportunidades nos são apresentadas e podem trazer grandes mudanças, e mudanças assustam, mas às vezes é melhor dar aquele salto e perseguir sua felicidade ao invés de nos mantermos nos mesmos caminhos e nos omitir. Uma das minhas falas favoritas de Shimotsuma Monogatari é essa: "Humanos são covardes frente a felicidade. É necessário coragem para se agarrar a felicidade."

Faça o que você acredita ser certo. Muito freqüentemente nós deixamos as opiniões e pensamentos dos outros decidirem como nós nos comportamos. Essa é a mais difícil, mas a mais importante lição a ser aprendida: pare de deixar sua preocupação sobre o que os outros pensam controlar você. Perceba que eu não disse "não ligue para o que os outros pensam"? Eu não acho que seja completamente possível para completamente de se importar com a opinião dos outros, por exemplo as opiniões de nossos amigos e família são muito importantes para nós, algumas vezes nós realmente precisamos ouvir seus conselhos. No final, no entanto, nós fazemos nossas próprias escolhas na vida, e fazer as escolhas que pareçam certas para você é muito mais importante do que agradar aos outros ou se encaixar em normas sociais. Tanto a cor que você quer tingir seu cabelo quanto a sua escolha de carreira, tenha a confiança de seguir seu coração. Algumas das mentes mais brilhantes da história já foram tidas como locas, mas eles acreditaram neles mesmo e em suas idéias mesmo quando ninguém mais acreditou.

Quando eu decidi usar lolita para sair pela primeira vez era apenas um pequeno passeio, uma caminhada até a biblioteca e lojas a cerca de trinta minutos de distância. Não para menos, eu estava assustada! Eu estava com medo do que os outros poderiam pensar ou dizer. Eu fui até a porta para sair três vezes antes de realmente conseguir sair! Eu fico realmente feliz que eu o tenha feito no entanto, porque agora eu aprecio usar lolita para sair e me sinto muito mais confiante com o meu estilo. Às vezes ser congiante é só uma questão de encontrar coragem, você ainda sente medo mas então você diz a si mesma "Certo, eu vou fazer isso!" e geralmente não é tão ruim quanto você espera ^_^


Créditos:
Original:
Self Confidence no Princess Portal
Tradução: Ichigo

Imagem retirada daqui. (as unhas da menina são medonhas :T)

6 comentários:

  1. A foto com as unhas medonhas é bem apropriada para o artigo! Dá impressão que ela é ansiosa, rói as unhas e o esmalte, mas está buscando se tornar mais confiante. ^^

    Amei o artigo! Ele traz uma mensagem que todos precisamos!

    Obrigada pela tradução!

    ResponderExcluir
  2. acho q vc vai gostar

    http://prigermano.blogspot.com/2010/04/lolitas.html

    *-*

    ResponderExcluir
  3. poxa, é verdade ._. precisava ouvir isso, OASHAOS :/

    ResponderExcluir
  4. O grande problema é aceitar elogios. Sempre acho que estão de piada com minha cara...

    =*

    ResponderExcluir